Saturday, December 25, 2010

Virtual Choir

Eric Whitacre's Virtual Choir

2011 de Paz ! 


Ser Saudável entra em férias e retorna em  01/02/11.




Fonte: Eric Whitacre

Sunday, December 19, 2010

Por que Bocejamos?




Todo mundo boceja, mas poucos sabem o motivo desse hábito que começa no útero e continua em idade avançada.



A maioria das espécies de vertebrados, e até mesmo aves e peixes, também boceja --ou, pelo menos, fazem o que se parece com um bocejo.

Mas os mecanismos fisiológicos, a razão e que tipo de papel o bocejo representa na sobrevivência dos animais e seres humanos continuam sendo um mistério.

As teorias são muitas, mas as provas experimentais, poucas. Isso leva a uma acalorada discussão, diz Adrian Guggisberg, da Universidade de Genebra e autor de um estudo a ser publicado no jornal "Neuroscience & Biobehavioral Reviews". 

Hipócrates propôs, no século 4º a.C, que o bocejo era uma maneira de alimentar o cérebro com "ar bom", substituindo-o pelo "ar ruim". Já a visão moderna da mesma teoria diz que ele auxilia no aumento do nível de oxigênio no sangue e, ao mesmo tempo, diminui o de dióxido de carbono. 

Se isso fosse realmente verdade, Guggisberg alerta, as pessoas estariam bocejando mais quando estivessem em pleno exercício. E os portadores de doenças pulmonares ou cardiovasculares também fariam o mesmo por sofrer de falta de oxigênio. 

Em outras palavras, observações e experimentos sugerem que a melhor maneira de aumentar oxigênio no sangue e respirar rápido, mas não bocejar. 

   

Hipóteses

 Sem sombra de dúvida, o bocejo ocorre com mais frequência antes e depois de dormir, e a sensação de sonolência sempre o acompanha - talvez o gesto nos ajude a nos manter acordados.

Para testar essa hipótese, o bocejo foi induzido em seres humanos e estes tiveram sua atividade cerebral observada. Segundo o monitoramento, não houve evidência de que bocejar aumentava as áreas de vigilância no cérebro ou no sistema nervoso central.

O inverso - o bocejo poderia ajudar a dormir - também não foi comprovado.

Uma das teorias existentes diz que ele pode equalizar a pressão interna do ouvido, mas isso seria feito por outras técnicas como mascar ou engolir saliva.

A outra teoria sugere que o bocejo poderia regular o calor corporal, mas Guggisberg não encontrou nenhuma evidência nesse sentido. Mas um de seus colegas da área estudada, Andrew Gallup da Universidade de Princeton, discorda. "Em testes, o bocejo foi precedido por um rápido aumento na temperatura do cérebro, seguido de um retorno aos níveis normais apos um bocejo."

O curioso e que criancas com menos de cinco anos não são suscetíveis a bocejos. Elas não se "contagiam", digamos assim, mas adultos, chipanzés, macacos e cães - todos com habilidades sociais desenvolvidas - são induzidos a bocejar tão logo veem um semelhante bocejando.

A explicação para isso é que observar outros bocejando acaba ativando regiões do cérebro que são relacionadas a imitação, a empatia e ao comportamento social. Mas por que exatamente bocejamos, isso ninguém soube ainda explicar. 

Dr. Guggisberg ofereceu uma conclusão que poucos especialistas acharão censurável. "Bocejo", disse ele "é um fenômeno muito rico e complexo."


Fonte: New York Times 
            Folha Ciência
          

Sunday, December 12, 2010

Mitocôndria

Dos criadores do premiado "A Vida Intima de uma Celula", este video é a última exploração do agitado mundo dentro das nossas células. Produzido por BioVisions, um programa de visualização científica do departamento de biologia molecular e celular da Harvard, e uma empresa de animação científica baseada em Connecticut  chamada Xvivo.


Video:





Fonte: XVIVO Animação

Sunday, December 5, 2010

Música Pode Melhorar Equilíbrio De Idosos Para Caminhar

Um novo estudo sugere que idosos reduzem em mais da metade o risco de quedas depois de participarem de aulas de Eurhythmics, um programa de exercícios e música .

O teste, realizado em 12 meses, recrutou 135 pessoas, com idade média de 75 anos, que não se equilibravam bem. Metade foi randomicamente orientada a fazer aulas semanais de uma hora de duração pelos primeiros seis meses, e a outra metade não fez classe nenhuma durante os seis meses seguintes.




O programa, desenvolvido no início do século 20 pelo compositor suíço Emile Jaques-Dalcroze, ensina movimentos harmonizados com música, de minuetos de Mozart ate improvisações de jazz. Os participantes devem caminhar e se virar, aprender a deslocar o peso do corpo e o equilíbrio, segurar objetos enquanto caminham e fazer movimentos exagerados com a parte superior do corpo enquanto caminham. 

Os dois grupos foram monitorados para determinar quantas vezes os idosos caiam. No primeiro grupo, houve apenas 24 quedas nos primeiros seis meses, em comparação a 54 entre os que não faziam as aulas. Mesmo após o final das aulas, os participantes mantiveram sua melhoria no equilíbrio, caminharam de forma mais regular e puderam caminhar melhor enquanto faziam outras coisas. O estudo foi publicado online no "Archives of Internal Medicine". 

O principal autor do estudo, Andrea Trombetti, do Hospital e Faculdade de Medicina de Genebra, disse que, apesar dos resultados, ainda não está claro como a música afeta o caminhar. 




 Obs: Euritimia é uma forma de arte criada por Rudolf Steiner e sua esposa Marie Steiner


Fonte:Folha Equilíbrio e Saúde

Sunday, November 28, 2010

Medula Espinhal E Coluna Vertebral

Video mostra imagens 3D de diferentes segmentos da medula espinhal e coluna vertebral. 




Monday, November 22, 2010

Extrato De Alho Ajuda A Controlar A Hipertensão

Cientistas australianos tem uma nova solução para controlar a pressão alta. A arma secreta é o alho, segundo um estudo publicado na revista científica Maturitas

Num teste de 12 semanas envolvendo 50 pacientes, Karen Reid e colegas da Universidade de Adelaide descobriram que o consumo de quatro cápsulas diárias de um suplemento chamado extrato de alho envelhecido reduzia a pressão arterial em cerca de 10 mmHg, em comparação a um grupo que usava um placebo. 


Reid disse que o alho consumido de outra forma não tem o mesmo efeito.
"Quando voce cozinha o alho fresco, o ingrediente que e responsável por reduzir a pressão sanguínea desaparece", disse ela. "Acho que o ponto realmente importante é que o extrato de alho envelhecido como suplemento e a arma secreta para a pressão sanguinea."

Há muito tempo se sabe que o alho e bom para o coração, e a medicina tradicional indiana (ayurvédica) há séculos usa o produto na prevenção da hipertensão. Este, no entanto, e o primeiro estudo a avaliar cientificamente o impacto do extrato de alho envelhecido. 


Cerca de 1 bilhão de pessoas no mundo sofrem de pressão alta 
( Reuters )

Tuesday, November 16, 2010

Corpo Humano Animado

Diretor de arte e designer industrial Emilio Gomariz e o criador destas peças da serie Extremity; para ver mais de seu trabalho anatomico visite o Blog Triangulation.

.


( Obs: Clique nas imagens para que elas se movam )


Fonte: Emilio Gomariz

Friday, November 5, 2010

Plástico Nocivo Será Tirado De Produtos



Na última semana, três grandes empresas alimentícias anunciaram esforços para banir o uso de bisfenol A (BPA) de suas embalagens. 

A Nestlé se comprometeu a abolir o uso da substância nos próximos três anos. Outros conglomerados -Heinz e General Mills- estão investindo em alternativas.

O bisfenol A, componente químico usado na confecção de alguns tipos de plástico e no revestimento interno de latas de comida e bebida, e contestado por organizações de consumidores e parte da comunidade científica, devido a riscos ao organismo.

Pesquisas tem associado o contato com a substância a probabilidades maiores de desenvolver doenças cardíacas, diabetes, puberdade precoce e queda da fertilidade em adultos. 

No dia 29/10/10, foi publicado um estudo no periodico "Fertility and Sterility" que analisou 514 operários chineses por cinco anos. Aqueles com vestigios de BPA na urina apresentavam risco tres vezes maior de produzir semen de pior qualidade. 

Precaução

Canadá, Dinamarca, França e Costa Rica já vetaram o uso de bisfenol em mamadeiras e copos infantis.

No Brasil, a Anvisa estabelece o limite de 0,6 miligrama de BPA por quilo de embalagem alimenticia. Segundo a Vigilância Sanitária, "dentro desse parâmetro, a substância não oferece risco para a saúde da população".

Mas, para a tradutora Fabiana Dupont, 39, que criou um site para alertar sobre os riscos do bisfenol A, não há certeza sobre qual nível pode ser considerado seguro. 

"A utilização de BPA em embalagens alimentares tem que ser banida até que os produtores provém que ele não faz mal a saúde", diz. 

Segundo endocrinologistas, nenhum estudo em humanos foi conclusivo sobre o aspecto nocivo da substância, mas há indícios de que sua composição possa causar alterações hormonais. 

"A conformação e similar a do estrogeno: e possível que seja recebido no corpo como se fosse o próprio hormonio e cause efeitos como puberdade precoce e redução da fertilidade", diz Elaine Costa, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia. 

A Nestlé do Brasil informou que pretende seguir as diretrizes da sede e que já iniciou estudos "que visam eliminar integralmente, em ate três anos, o bisfenol das embalagens dos produtos". 

Já a Coca-Cola informou que as quantidades da substância usadas em seus produtos não oferecem risco a saúde, "conforme e consenso entre agências reguladoras da área de alimentos". 

Rótulos
 
O Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) defende a proibição do uso e, antes disso, a adoção de avisos nos rótulos de todos os produtos que contenham bisfenol A.

"Não há norma que obrigue a isso, mas temos essa posição com base no direito à informação previsto no Código do Consumidor", diz a advogada Juliana Ferreira.

No Senado, tramita projeto de lei para banir o uso do BPA em produtos infantis.



Links Relacionados:  


Friday, October 29, 2010

Pinky E Cérebro

Pinky e Cérebro são personagens de uma série americana animada da tv. São dois ratinhos brancos de laboratório que fazem planos mirabolantes para dominar o mundo ( sob razão nunca revelada ).

Video: Aqui eles apresentam as partes do cérebro.




Obs: O que o Pinky repete e " Brainstem ", ou seja, Tronco Cerebral.

Fonte: Street Anatomy

Tuesday, October 19, 2010

Porque Eu Sou Vegetariano De Segunda A Sexta

Todos sabemos os argumentos de que ser vegetariano é melhor para o meio ambiente e para os animais, mas em uma cultura carnívora, pode ser difícil fazer a mudança. Graham Hill oferece uma sugestão pragmática e poderosa...

Video:


Obs: Clique em view subtitles para escolher legendas em português

Fonte: Ted

Tuesday, October 12, 2010

Sobre A Cura

Dean Ornish fala sobre formas simples de baixa tecnologia e baixo custo para tirar vantagem do desejo natural do corpo para se curar.

Dean Ornish, MD e o fundador e presidente da organização sem fins lucrativos Instituto de Pesquisa de Medicina Preventiva em Sausalito, Califórnia, e professor clínico de medicina da Universidade da Califórnia, em San Francisco. Ele é um dos principais especialistas na luta contra a doença - em especial a doença de coração com dieta  e exercícios.

Video: Este video foi filmado em fev/2004 


Obs: Clique em view subtitles para escolher legendas em português

Fonte: Ted
             Dean Ornish

Monday, October 4, 2010

Terapia Do Enterro

O "tratamento de enterro", como se conhece na Rússia, ajuda a controlar o estresse e superar os medos mais profundos. Em uma "sepultura" a 30 centímetros de profundidade, os voluntários se encerram com seus traumas e tratam de não entrar em pânico. Superada a prova, os participantes garantem que se sentem prontos para tomar o controle de suas vidas.





Fonte: Folha.com
             VideoYahoo

Monday, September 27, 2010

Médicos Congelam Pacientes Para Cirurgia Cardíaca

Médicos nos Estados Unidos estão usando uma técnica revolucionária que congela os pacientes até um ponto em que eles poderiam ser considerados mortos para depois submetê-los a cirurgias cardíacas complicadas. 

A técnica, usada no Hospital New Haven da Universidade de Yale, em Connecticut, induz a hipotermia reduzindo a temperatura do corpo do paciente dos 37 ºC normais para apenas 18 ºC.  

"O corpo está essencialmente em real estado de animação suspensa, sem pulso, sem pressão, sem sinais de atividade cerebral", explica o médico John Elefteriades.

A baixa temperatura do corpo permite que os cirurgiões tenham tempo para realizar a operação reduzindo o risco de danos ao cérebro e outros órgãos e diminuindo a necessidade do uso de anestésicos e máquinas.

Depois da operação, o corpo do paciente e lentamente aquecido e seu coração, estimulado com um desfibrilador. 

Recuperação Milagrosa
 
Em medicina, técnicas revolucionárias frequentemente surgem após acidentes. Onze anos atrás, Anna Bagenholme, uma esquiadora de 29 anos, caiu dentro de um buraco no gelo na Noruega.

A esquiadora sobreviveu uma parada cardíaca por mais de três horas e sua a temperatura do corpo caiu para 13.7 ºC. Esta foi a mais longa parada cardíaca da história, e também a com temperatura mais fria ja registrada.

Bagenholme parecia morta, mas os médicos que a atenderam sabiam que o frio que fez seu coração parar poderia ter preservado seu cérebro. Eles decidiram então seguir com a ressuscitação e começaram a aquecê-la lentamente.

Após algum tempo, o coração da esquiadora voltou a bater e, três semanas mais tarde, ela abriu os olhos pela primeira vez, dando início a uma recuperação lenta e gradual.

O fato de ela ter sobrevivido sem sequelas alterou o conceito de vida e morte e permitiu que os médicos tentassem manipular esse processo para salvar outros pacientes.


Hipotermia Como Alternativa
 
Em circunstâncias normais, quando ha necessidade de parar o coração para a realização de uma cirurgia, os médicos usam uma máquina coração-pulmão para substituir as funções do órgão durante a operação. Mas, em alguns casos, o uso dessa máquina não é possível e a técnica de hipotermia está se provando uma boa alternativa.

"E a técnica mais fascinante que já vi em medicina e, a cada vez, parece um milagre ela funcionar", diz o médico Elefteriades.

Outra ocorrência que teve resultado positivo com a hipotermia foi o de Esmail Dezhbod, 59, que precisava de reparos complicados em veias em torno de seu coração para impedir o rompimento fatal de um aneurisma na aorta. 

No caso de Dezhbod, as cirurgias tradicionais não podiam ser realizadas sem que houvesse danos cerebrais, e o médico Elefteriades optou pela indução de hipotermia. Os riscos eram enormes, mas não havia alternativa melhor e a aposta deu certo, com o paciente sendo reanimado com sucesso após a cirurgia. "Eu tenho dor, não é fácil. Mas sei que o fim será feliz e sei que meu problema foi resolvido", disse Dezhbod.

Fonte: Folha.com

Sunday, September 19, 2010

Yoga Do Riso

1.Video: Alternativa Saúde apresenta a Yoga do Riso


2. Video: Entrevista com as fundadoras do Clube da Gargalhada do Brasil


3. Video: Entrevista com o fundador da Yoga do Riso Dr. Madan Kataria (legendas em português)



Sunday, September 5, 2010

Não Acorde O Cancer Que Dorme Em Você

Três videos bem interessantes que sustentam alternativas mais naturais na jornada anticancer.

Video 1  Entrevista, legendada em português, com o Dr Servan-Schreiber, autor do livro Anticancer que vendeu mais de um milhão de exemplares em 26 países.








Fonte: YouTube

Monday, August 9, 2010

Superando O Cancer Com A Dança

A renomada dançarina clássica indiana Ananda Shankar Jayant foi diagnosticada com cancer em 2008. No video, ela conta sua história pessoal, não apenas de superar a doença, mas de dançar através dela, e faz uma exibição revelando a metáfora de energia que a ajudou a realizar isso.

Video: Com opção de legendas em português.



Fonte:Ted

Sunday, August 1, 2010

Bebês Mimados Tornam-se Adultos Menos Estressados

A afeição maternal transbordante dada aos bebês de alguns meses torna-os mais bem preparados para enfrentar os problemas da vida na idade adulta, segundo um estudo publicado na terca-feira (27) no "Jornal de Epidemiologia e Saude Comunitaria", uma revista americana.


Na pesquisa realizada durante vários anos com 482 pessoas no Estado americano de Rhode Island, os cientistas compararam dados sobre a relação dos bebês de 8 meses com sua mãe e seu desempenho emocional, medido por testes, aos 34 anos de idade.


Eles queriam verificar a noção segundo a qual os vínculos afetivos fortes a partir da primeira infância fornecem uma base sólida para se sair bem ante os problemas da vida.
Até então, os estudos sobre o assunto eram baseados em relatos de lembranças da infância, sem um acompanhamento.
























A qualidade da interação dos bebês com suas mães aos 8 meses foi avaliada por um psicólogo, que anotou as reações de afeto e atenção da mãe. A classificação - datando dos anos 60 - ia de "negativa" a "excessiva", passando por "calorosas".


Em cerca de um caso em dez, o psicólogo notou um baixo nível de afeto maternal em relação ao bebê. Em 85% dos casos, o nível de afeição era normal, e elevado em 6% dos casos.


Essas pessoas acompanhadas foram testadas, depois, aos 34 anos, sobre uma lista de sintomas reveladores de ansiedade e hostilidade e mal-estar em relação ao mundo.


Qualquer que fosse o meio social, ficou constatado que os que foram objeto de mais carinhos aos 8 meses tinham os níveis de ansiedade, hostilidade e mal-estar mais baixos. A diferença chegava a 7 pontos no item ansiedade em relação aos outros; de mais de 3 pontos para hostilidade e de 5 pontos para o mal-estar.


Curiosamente, não havia diferença entre os que receberam um nível de afeto baixo e o normal. Isso poderia ser explicado, principalmente, segundo os pesquisadores, pela falta de interações verdadeiramente negativas na mostra observada.


Segundo eles, isto confirma que as experiências, mesmo as mais precoces, podem influenciar na vida adulta. As memórias biológicas construidas cedo podem "produzir vulnerabilidades latentes", dia o estudo.

Fonte: Folha.com

Sunday, July 18, 2010

Alimentos X Emoções

Este artigo foi feito com informações que me foram enviadas por um amigo por email.


Abacate, amigo do sono

Dormir é tão importante para viver bem quanto comer direito e fazer exercícios. Tem noite que o sono não vem? Coma abacate. Tudo bem, ele tem gordura, mas é boa. E oferece vitaminas que ajudam você a se entender melhor com o travesseiro. A vitamina B3 equilibra os hormônios que regulam as substâncias químicas cerebrais responsáveis pelo sono. Já o ácido fólico funciona como se fosse uma enzima, alimentando os neurotransmissores que fazem você dormir bem. Quanto consumir: 1/2 abacate pequeno, 3x por semana.


Banana, contra a ansiedade.


Se você anda mais ansiosa que o normal, aposte na banana para elevar os índices de seretonina. Quando os níveis desse neurotransmissor estão baixos, falha a comunicação entre as células cerebrais. Aí você fica irritada e especialmente ansiosa. A fruta combina doses importantes de triptofano e vitamina B6. Juntas, as duas substâncias se tornam poderosissimas na produção da serotonina. Quanto consumir: 2 unidades por dia.


Brócolis, deixa a mente esperta

E comum você demorar alguns segundos para lembrar o número do seu telefone? Este alimento é rico em ácido fólico, acelera o processamento de informação nas células do cérebro, consequentemente, melhorando a memória. Porções extras desta verdura vão fazer você lembrar de tudo rapidinho.
Quanto consumir: 1 pires / dia.


Chá Verde, espanta o estresse

Essa erva, a Camellia Sinensis, tem fitoquímicos (polifenóis e catequinas) capazes de neutralizar as substâncias oxidantes presentes no organismo que, em excesso, deixam você cansada e estressada e acabam desorganizando o funcionamento do organismo. O estresse é capaz de desencadear a síndrome metabólica, culpada por doenças como a obesidade e a depressão. Beber chá verde, conforme alguns estudos, melhora a digestão e deixa a mente lenta.


Gérmen de Trigo, acaba com a irritação

Caso você não tenha sensibilidade ao glúten, pode consumir o gérmen de trigo que tem vitamina B1 e inositol, assim como as nozes, e reforçam a concentração. Mas por ter uma boa dose de vitamina B5, o gérmen e especialmente indicado como calmante, já que melhora a qualidade de impulsos nervosos, evitando nervosismo e irritabilidade. Quanto consumir: 2 colheres (chá) / dia.


Lentilha, afasta o medo

Angustia e medo podem estar relacionados ao desequilíbrio de cálcio e magnésio. Essa dupla atua no balanceamento das sensações. Além de incluir alimentos com cálcio (amêndoa, gergelim, queijo) e magnésio (acelga) na dieta, consuma mais lentilha. Ela tem efeito ansiolítico, ou seja, tranqüiliza e conforta. Isso porque e precursora da gaba, neurotransmissor que também interfere nos sentimentos. Quanto consumir: 3 conchas pequenas / semana.


Mel, pura alegria

Triste sem motivo? De novo a causa pode ser a serotonina de menos. Nesse caso, o mel funciona como um calmante natural, pois aumenta a eficiencia da serotonina no cerebro. Mas não é só aí que ele atua. Quando alcanca o intestino, ajuda a regenerar a microflora intestinal. Resultado: o ambiente se torna mais propício para a produção de serotonina. Cerca de 90% do neurotransmissor do bom humor e produzido no intestino. Quanto consumir: 1colher (sopa) / dia.


Nozes, mantém você concentrado

São muitos os nutrientes das nozes. Mas e a vitamina B1 a responsável por essa fruta oleaginosa melhorar a concentração, pois a B1 imita a acetilcolina, neurotransmissor envolvido em funções cerebrais relacionadas a memória. Quanto consumir: 2 nozes, 4x / semana.


Óleo de linhaça, dribla o apetite voraz

O óleo extraído da semente de linhaça e prensado a frio e uma fonte vegetal riquíssima em gordura omega 3, 6 e 9. Melhor: e um dos poucos alimentos com omega numa proporção próxima do ideal, o que é imprescindível para que exerca suas funções benéficas. Uma delas é regular os hormônios que ajudam a manter o sistema nervoso saudável. Com isso, a ansiedade perde espaço. Quanto consumir: 1 colher ( sobremesa ) dia, antes das principais refeicoes.

Fonte:

Dr. Luiz Carvalho - Nutrólogo e Nutricionista
Gabriela Zanatta Port - Nutricionista

Monday, July 12, 2010

Sunday, July 4, 2010

Yogin

Yogin é um curta de animaçao que conta a historia de um jovem yogi que desafia um mestre. O desafiante no entanto nao percebe que ha mais em yoga do que posturas fisicas.


Video:




Música de Kevin MacLeod

Fonte: YouTube

Sunday, June 27, 2010

Homem Anatômico

Criando um Homem

Video Clip Postcards da Banda An Horse dirigido por Celeste Potter e David Rusanow. Eles colocaram a camera no alto, tiraram uma foto a cada cinco segundos e levaram cinco horas e meia para completar o homem anatômico.



Fonte: YouTube

Saturday, June 19, 2010

A Estória da Água Engarrafada

Para pensar ...

Video:



Créditos:
Escrito por Annie Leonard, Jonah Sachs, Louis Fox

Produzido por Free Range Studios
Dirigido por Louis Fox
Traduzido por Guilherme Machado, Michele Sato e Patricia Fish

Fonte:
Story of Stuff

Monday, June 14, 2010

Podemos Comer Para Que O Cancer Morra De Fome?

A resposta e sim. No video vocÊ saberá como.

William Li apresenta um novo modo de pensar sobre o tratamento do cancer: a angiogenese, tendo como alvo os vasos sanguíneos que alimentam o tumor. O primeiro passo crucial (e o melhor): Comer alimentos para combatem o cancer em seu próprio jogo.




(Clique nos subtitles para escolher legendas em português)

Aqui a lista de alguns alimentos antigiogênicos em estudo mencionados no video:

Abóbora

Alfazema
AlhoAzeite
Chá Verde
Cúrcuma ( açafrão da terra )
Frutas vermelhas
GinsengLaranja
Limão
Maça Morango
SalsinhaSoja
Toranja
Tomate
Tuna
Uva Vermelha
Vinho Tinto

Fonte : Ted